Quais são as tendências da multipropriedade e as expectativas para o futuro?

Quais são as tendências da multipropriedade e as expectativas para o futuro?

O constante crescimento do modelo de multipropriedade no Brasil faz necessário o acompanhamento de seu desenvolvimento. Assim como também é preciso acompanhar as tendências da multipropriedade e o que se espera para um futuro próximo. 

A base de cálculo da multipropriedade é o tempo de uso do imóvel por parte do proprietário. Dessa forma, existe uma série de critérios em relação ao valor cobrado. Isso acontece porque, por exemplo, um imóvel maior, com mais recursos, terá um valor de mercado mais alto. 

Porém, a vantagem é que esse tempo de uso será fracionado, ou seja, compartilhado com outras pessoas. Consequentemente, o proprietário de uma fração só será responsável pelos custos relativos ao tempo de usufruto do imóvel. Para saber mais sobre o modelo de multipropriedade, acesse este artigo.

Neste artigo vamos focar em falar sobre as tendências da multipropriedade e as expectativas para o seu futuro. 


Tendências da multipropriedade

Por mais que a multipropriedade tenha sua força no âmbito imobiliário, o conceito está muito mais ligado à economia compartilhada. Dessa forma, além de imóveis, a multipropriedade pode ser referente a diversos bens, como aviões, carros de luxo, embarcações e outros ativos que possuem preços de mercado extremamente elevados. 

Esses preços exorbitantes são os verdadeiros responsáveis pela criação da ideia de multipropriedade. Isso porque, muitas vezes, são inalcançáveis por uma única pessoa. 

Dessa forma, o rateio de um bem é compensatório. Assim, tanto o preço do bem quanto seus custos são divididos entre os proprietários, e cada pessoa usufrui dele por um período pré-determinado. 

Isso acontece porque, provavelmente, você não vai andar de lancha todos os dias nem irá passar o ano inteiro em uma casa de férias à beira mar

Essa é uma das principais provas de que o mercado imobiliário está inovando cada vez mais. Por exemplo, você já ouviu falar em moradia por assinatura? A proposta da moradia por assinatura é a possibilidade de escolher onde você quer morar, através de um catálogo online. Sim, do mesmo jeito que você escolhe um filme na Netflix!

Entre as tendências da multipropriedade, a grande sacada é "dividir para multiplicar". Sendo uma das principais tendências da economia mundial: as pessoas compartilham para economizar custos e todos saem ganhando. A questão não é acabar com as propriedades privadas, mas dar uma repaginada neste conceito. 

Quer um exemplo de sucesso de multipropriedade? A Disney. Um sistema que promove a fidelização dos clientes, porque torna mais acessíveis privilégios que, antes, apenas pessoas com muito dinheiro podiam ter. 

Aqui no Brasil, através da multipropriedade, as famílias que desejam um investimento inteligente, já podem usufruir de um sofisticado complexo de lazer e uma segunda moradia. 

Algumas tendências da  multipropriedade são contínuas e crescentes. Entre elas podemos citar:


- muitas vendas e muitos lançamentos no mercado de multipropriedade;

- otimização do Produto Interno Bruto (PIB) da construção civil;

- redução da taxa de juros dos financiamentos;

- mais estabilidade no campo legal e jurídico do regime de compartilhamento;

- pós-vendas baseados em experiências inesquecíveis;

- treinamentos e preocupação com o bem-estar dos colaboradores.


O futuro da multipropriedade

As expectativas para o futuro das multipropriedades são promissoras. Espera-se que os investidores se sintam cada vez mais seguros diante de cada novo projeto. 

Especialmente acompanhando as tendências do setor de multipropriedade. Pontos extremamente positivos que ajudam a consolidar o mercado de propriedades compartilhadas são seu constante crescimento e a legislação que as regulamentam. 

Além da Lei Geral de Turismo, que é responsável pela regulamentação do Vacation Club (clube de vantagens que faz uso do sistema compartilhado), que estimula o setor. 

Para os hoteleiros que desejam adotar o Vacation Club para captação e fidelização de clientes, o modelo de multipropriedade ainda é bastante atraente. 

Já para os empreendedores que utilizam o sistema de multipropriedade continuarão com seus investimentos. Além disso, os novos empreendedores já começaram a investir nele. 

O mundo já é digital, e essa digitalização continuará exponencialmente. O mercado de multipropriedades irá acompanhar essa tendência, já que as ferramentas tecnológicas otimizam qualquer setor. 

Bem como melhoram os processos, a produtividade, o controle de qualidade e redução de gastos. 

A prospecção on-line será uma forma eficaz de captar clientes, por meio de canais de comunicação estrategicamente trabalhados. Isso significa que o sistema de compartilhamento, que já é inovador, deverá inovar ainda mais, apostando nos meios digitais (mídias sociais e aplicativos) para aprimorar processos (propaganda, prospecção, atendimento, captação, fidelização etc.).

Gostou deste texto? Quer saber mais sobre multipropriedades e prospecção de clientes no setor? Clica aqui!

Clique para Ligar
Fale por WhatsApp

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias para oferecer melhor experiência e conteúdos personalizados, de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.


Li e aceito as políticas de privacidade.